George Michael & Astrud Gilberto - Desafinado
Tekst: Newton Mendonça / Muziek: Antonio Carlos Jobim
(1996)






Se você disser que eu desafino amor
Saiba que isso em mim provoca imensa dor
Só previlegiados têm ouvido igual ao seu
Eu possuo apenas o que deus me deu



E se você insiste em classificar
Com o meu comportamento de anti-musical
Nao lhes vou mentir até vou comentar
Que isso é bossa-nova
Que isso é muito natural
Que você nao sabe nem sequer pressente
É que os desafinados também tem um coracao



Fotografei você na minha role-flix
Revelou-se a sua enorme engratidao



So nao poderá falar assim do meu amor
Que é o maior que você pode encontrar
Você passou a musica e esqueceu o principal
Que no peito dos desafinados
No fundo do peito bate calado
No peito dos desafinados também bate um coracao









<<   Vorige nummer                     Anderstalige liedjes                     Volgende nummer   >>




Naar boven                       Home